A FRASE DE UM GRANDE AMIGO:

VOCÊ CONFIA EM MIM? DIAS DEPOIS ME CONVENCI DE QUE SÓ DEVO CONFIAR NA JUSTIÇA.

"Não se escravize às opiniões da leviandade ou da ignorância."
Não importa o que os outros pensam ou dizem de nós.
O que verdadeiramente importa é aquilo que realmente somos.
Tenha sua consciência tranquila, mesmo que seja condenado.
Não se esqueça de que Jesus foi condenado, e Herodes foi o vencedor momentâneo.
Mas responda: qual dos dois foi verdadeiramente o vencedor?
Fonte: Minutos de Sabedoria, C. Torres Pastorino

sábado, 28 de agosto de 2010

MAJOR BOMBEIRO E SOLDADO PM PARTICIPAM DE PROGRAMA ELEITORAL.

          Caros amigos, estava eu em casa sem ter o que fazer e só de sacanagem fui ver o horário político. Parecia que eu estava prevendo que algo ia acontecer. De repente apareceu um soldado da PM fardado participando do programa eleitoral do candidato Sérgio Cabral. Após esse fato, apareceu no programa do mesmo candidato um Major Bombeiro em uma UPA, não entendi nada, e estou buscando resposta para publicar neste canal de comunicação. Me parece o início do fim do regulamento disciplinar.
          Viva a democracia! Viva a liberdade de expressão! Viva a Constituição Brasileira! 

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

MANCHETE DE JORNAL: DILMA IMPLODIU A PEC 300.

          Hoje lendo o Blog do Cel Paúl me deparei com uma reportagem postada por ele. É do Jornal o Globo e comenta que a não votação da PEC 300 teve a influência da candidata do PT. 
          Essa notícia não me causou nenhuma surpresa, porque acompanho diariamente os assuntos referentes à PEC 300, inclusive não perdi um sessão da Câmara este ano.
          Como venho falando para vários amigos, temos que ter muita paciência, a final, o atual Presidente da República já tomou muita pancada antes de chegar ao poder. Conosco não será diferente, talvez um pouco mais difícil porque alguns companheiros ainda não se conscientizaram de sua importância junto de nós. Muitos ainda atuam como Judas, mas tenho a certeza que plantamos a semente e iremos colher bons fruto num futuro próximo. Avante companheiros. 
          Forte abraço.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Agentes penitenciários, policiais e bombeiros invadem a Câmara pela apro...

Muito bem companheiros, toda ação provoca uma reação. O acordo já estava feito e centenas de policiais e bombeiros foram à Câmara na esperança de poder comemorar a ratificação da aprovação da PEC 300, mas o que aconteceu foi a quebra do acordo e a tentativa de impedir a entrada dos homens mais honrados deste país naquela que dizem ser a casa do povo. Que povo? Que democracia é esta?
          Não podemos de forma alguma ficarmos entre o mar e o rochedo, não temos nada com as brigas entre situação e oposição, só queremos aquilo que julgamos ser de direito. Neste Pais está todo mundo se dando bem e nós só queremos a nossa fatia desse bolo.
          Neste momento, é um absurdo quererem colocar a nossa classe como a vilã dessa história.
          Observem que os parlamentares ao invés de responderem as perguntas da repórter, preferem mudar o foco da pergunta e se colocarem como vítimas.
Na verdade aquela casa não será desmoralizada por aqueles que lutam por melhorias, ela já foi desmoralizada há muito tempo por alguns membros que me recuso a pronunciar seus nomes.
          Assim sendo companheiros, nós somos as vítimas. É chegada a hora de termos a consciência política de que é muito importante elegermos nossos candidatos militares para que possamos resgatar a Câmara dos deputados como uma verdadeira casa do povo.
          Forte abraço.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

É O FIM!

          Queridos amigos, venho relutando para não falar muito de política no meu Blog porque sei que não é agradável para muitos. Mas depois do que vi acontecer em Brasília nos dias 17 e 18 com nossos companheiros policiais e bombeiros, que estavam nos representando naquela Capital Federal, não pude resistir mais. A paciência está no limite. Os deputados ultrapassaram todos os limites da sacanagem. promessa foi feita para nossa classe e fomos enganados outra vez.
          PEC 300, agora só depois das eleições.
          O deputado Vaccarezza conseguiu me despertar o pior dos sentimentos e ainda dá entrevistas se colocando como se fosse vítima. Os sacaneados pela décima vez fomos nós.
          Apesar disso tudo, tenho fé que um dia vamos nos livrar desses homens que procuram nos humilhar, que só pensam em se dar bem nas eleições e que nos odeiam. Tenho a certeza de que nada é para sempre.
          Assim sendo e, considerando que Temer e Vaccarezza são os maiores responsáveis pela nossa derrota nessa semana, VENHO PEDIR ÀQUELES QUE AINDA TÊM A MENOR CONSIDERAÇÃO POR MIM, AOS MEUS PARENTES E AMIGOS QUE NÃO VOTEM NOS CANDIDATOS DO PT e do PMDB. Que eles ganhem as eleições, mas não com o nosso voto.
          Forte abraço e pensem no meu pedido até o dia 3 de outubro.
        

PEC 300: Assumção denuncia Temer e Vaccarezza

Meus amigos, essa semana foi de derrota porque estamos sendo vítimas de uma ditadura de terno. Nós que estamos na luta não podemos desanimar jamais. Lembrem-se que o Presidente Lula para chegar ao poder máximo dessa nação tomou muita cadeia e muita porrada. Sem luta não há vitória.

Peço aos senhores e senhoras que mesmo não indo lutar em Brasília, mandem mensagem de apoio aos nossos companheiros. Uma batalha perdida não significa o fim da guerra. Força companheiros.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

PEC 300, ESPERO QUE SEJA O ÚLTIMO ROUND NA CÂMARA.

Senhoras e senhores, tudo programado para amanhã e depois. Estaremos ligados na Ordem do Dia na Câmara dos deputados. Provavelmente o deputado Vaccarezza vai tentar melar a nossa tão sonhada PEC que já foi retalhada, mas temos que acreditar que o bem vence o mal. Muitas caravanas estão saindo dos Estados, inclusive do Rio de Janeiro. Por motivos de trabalho, não poderei estar lá, mas estarei ligado na TV Câmara. Pretendo estar lá no Senado Federal para apoiar os nossos companheiros que sempre estão presente nas votações de interesse da nossa classe. Aqueles que acreditam no poder das orações já podem pedir a Deus que sensibilize o coração de pedra do deputado. Forte abraço. 

sábado, 14 de agosto de 2010

A POLÍTICA DOS AMIGOS EM BARRA MANSA.

          Caros amigos, tenho andado muito pela minha querida cidade de Barra Mansa. Tenho observado que em todos os bairros onde os vereadores são amigos do prefeito, nesse período eleitoral, se transformaram em verdadeiros canteiros de obras. Várias ruas estão sendo asfaltadas, muros de contenção estão sendo construídos, escolas estão sendo construídas ou reformadas, além de diversos serviços. 
          A política no bairro Jardim Central tem que ser repensada, pois há a necessidade de termos um candidato forte para que possamos trabalhar juntos. A grande verdade é que tudo depende da quantidade de votos que você é capaz de arranjar para uma coligação. Tudo na política é voto. Ficaremos esquecidos por mais 4 anos. Digo isso porque a obra prevista para a rua "B" é luta de um governo passado.
          Hoje estive na Vila Elmira, lá vários muros de contenção foram construídos e um enorme muro está atualmente em construção (veja nas fotos). Na Vila Elmira o vereador é o Elias da CORBAMA. Aqui no Jardim Central nós precisamos apenas aproximadamente 30 m de muro. Mas por que o muro não sai? A resposta é simples senhores: Cadê o nosso vereador para lutar e lembrar do nosso bairro no momento de elaborar o orçamento municipal? Pois é, esse vereador não existe.
          Quando algum morador procura um Deputado para pedir auxílio ele tem a cara de pau de dizer que não mexe com rua, que é função do prefeito. Então cabe a pergunta: Por que outros deputados indicam verba do orçamento do Estado para seus municípios. Outra: Por que deputado federal indica verba para municípios? Para a Deputada que disse que não mexe com rua, daremos a resposta nas urnas no dia 3 de outubro do corrente ano.
          Assim sendo, meus amigos temos que começar a construir um pacto político para que nas próximas eleições para vereador possamos ter voz e vez na câmara de vereadores. Lamentavelmente dependemos de política e boa vontade. Forte abraço.
         

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Especialista critica política de Unidades de Polícia Pacificadora do Rio

Publicado em 10/08/2010, às 14h33
Rio de Janeiro

          A Polícia Militar iniciou hoje (10) a ocupação de mais uma comunidade do Rio de Janeiro para a implantação do projeto de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). A comunidade escolhida é o Morro do Turano, a quinta comunidade da Tijuca. Alguns especialistas, no entanto, veem o projeto das UPP com ressalvas, segundo informações da Agência Brasil.
          É o caso do coordenador do Núcleo de Estudos em Cidadania, Conflito e Violência Urbana da Universidade Federal Fluminense (UFRJ), Michel Misse, que lembra que a maioria das unidades de polícia pacificadora está concentrada em áreas mais nobres, como a zona sul da cidade do Rio de Janeiro.
Ele questiona se as UPP têm o objetivo de proteger os moradores das favelas ou os do "asfalto". Ele diz, por exemplo, que as comunidades carentes deveriam receber, além da atenção dos órgãos de segurança pública, iniciativas nas áreas de educação, saúde e saneamento básico e, segundo Misse, isso não ocorre na maioria das favelas com UPP.
          O sociólogo também diz que a UPP não conseguiu nem conseguirá acabar com a venda de drogas, já que, segundo ele, enquanto houver demanda por drogas, haverá pessoas vendendo a substância ilegal. "Tem gente vendendo drogas no Santa Marta [primeira comunidade a receber a UPP, no final de 2008], só não tem mais aquele controle de território, ostensivo, armado", afirma.
Michel Misse também acredita que a implantação do projeto em comunidades como o Complexo do Alemão, o Complexo da Maré e o Jacarezinho, na zona norte da cidade, será muito mais complicada do que as instalações de UPP feitas até hoje.
          O planejamento estratégico da Secretaria de Segurança prevê que o projeto da UPP poderá chegar a até 40 áreas nos próximos quatro anos, o que incluirá 165 comunidades (nos cálculos da secretaria), das mais de mil que hoje estão sob controle de quadrilhas armadas no estado do Rio de Janeiro.
Fonte: http://www.diariodovale.com.br/

domingo, 8 de agosto de 2010

Lula preocupado com prejuízo eleitoral e Sérgio Cabral xingando menino d...

O nosso querido presidente Lula e Sérgio Cabral mostrando a vida como ela é. Mais uma vez parece que vai sobrar para os bombeiros. O governador mostra que tem muito peito ao chamar o garoto de otário, Lula Pezão e companhia acham engraçado e riem. É isso que vai acontecer depois do dia 3 de outubro, muitas rizadas e muitos chamados de otários, caso continue esse governo.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

MAIS UMA VEZ VACCAREZZA NOS ATRAPALHA.

          Nessa semana estávamos confiantes na aprovação da PEC 300 em 2º turno, porém mais uma vez lá estava ele, Vaccarezza, o terror dos militares. Com seu coração de pedra e com uma força política insuperável o homem conseguiu impedir a votação, fato que nos frustrou porque inúmeros companheiros estavam em Brasília para dar o grito de alegria em comemoração ao alcance de um objetivo, a aprovação da PEC 300. Ainda estamos muito confiantes, pois há a promessa de se votar nos dias 17 e 18 do mês em curso. Para nós companheiros, resta aguardar e contactar os Deputados, lhes solicitando que compareçam à Capital Federal a fim de que seja concluída definitivamente a votação da nossa PEC 300 aglutinada à 446 na Câmara Federal.

RESUMO DA BOLSA COPA.

          Caros amigos, tenho lido muito sobre a bolsa copa e as últimas notícias não são nada animadoras. Primeiro porque até o momento nenhum estado aderiu ao projeto, segundo porque outros Estados, onde não haverá partidas de futebol pela copa, estão reivindicando os mesmos direitos dos Estados contemplados com jogos da Copa e terceiro, muitos governadores alegam que em 2014 não terão como pagar R$ 3.200,00 sem a ajuda do Governo Federal. Além disso, vários comandantes gerais, em particular os que têm coragem de se manifestar, estão alegando que isso pode provocar problemas de ordem disciplinar em seus comandados que se sentirão prejudicados por não ter os mesmos direitos que outros.
          Assim sendo amigos, há vários impasses que inviabilizam a implantação da bolsa copa.