A FRASE DE UM GRANDE AMIGO:

VOCÊ CONFIA EM MIM? DIAS DEPOIS ME CONVENCI DE QUE SÓ DEVO CONFIAR NA JUSTIÇA.

"Não se escravize às opiniões da leviandade ou da ignorância."
Não importa o que os outros pensam ou dizem de nós.
O que verdadeiramente importa é aquilo que realmente somos.
Tenha sua consciência tranquila, mesmo que seja condenado.
Não se esqueça de que Jesus foi condenado, e Herodes foi o vencedor momentâneo.
Mas responda: qual dos dois foi verdadeiramente o vencedor?
Fonte: Minutos de Sabedoria, C. Torres Pastorino

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

TRÂNSITO EM MEIA PISTA NO BAIRRO SÃO JUDAS TADEU, BARRA MANSA - RJ.

          A rua São Sebastião, no bairro São Judas Tadeu, em frente à Igreja Assembleia de Deus, está com o trânsito em meia pista. Segundo moradores uma enchorrada levou parte da rua e só agora o poder público está viabilizando a recuperação da principal via do bairro.
          É de suma importância a aceleração dessa obra, já que é chegado o tempo de fortes chuvas na região. caso a conclusão da obra não aconteça rapidamente, há o risco de todo trabalho realizado ser perdido, porque no local pode ocorrer enchentes devido a grande quantidade de água que desce dos morros.
          

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

OS MILITARES DA PARAÍBA FAZEM POR MERECER.

Policiais acompanham votação da PEC 300 na Assembleia Legislativa da Paraíba
Fonte: Redação ClickPB
          Policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários esperam, nesta quarta-feira (27), pela votação de aprovação do projeto de lei, conhecido como PEC 300.
          O procurador da Assembleia Legislativa da Paraíba, Cecílio Ramalho, já respondeu ao questionamento do presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado Zenóbio Toscano (PSDB).
          De acordo com o procurador não existe a necessidade de verificar se houve divergência na assinatura do governador licenciado José Maranhão (PMDB) por que o autor do projeto, no caso, o governador, não reclamou. "Se o governador afirma sua assinatura, não seria a Assembléia que iria questionar a legitimidade da assinatura", declarou o procurador em entrevista ao jornal Correio da Manhã, da 98 FM, nesta quarta-feira. Com isso, o projeto deve tramitar normalmente na Casa de Epitácio Pessoa.
          Na tarde desta terça-feira, 26, o colegiado de líderes da Assembleia Legislativa se reuniu em um dos hotéis da capital para discutir o andamento da “PEC 300” no Poder Legislativo. Hoje, o projeto deve seguir com o encaminhamento normal, com a votação a partir das 9h.
          O projeto de Lei foi encaminhado pelo governo do estado à Assembleia Legislativa, concedendo reajuste a policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários da ativa e inativos.
Copiado do Blog do Cap Assumção.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ELES CONSEGUIRAM, NÓS PODEMOS CONSEGUIR.

PEC 64 (subsídio) do Paraná foi aprovada

          Aprovada na quarta-feira (dia 20 de outubro de 2010) pela Assembléia Legislativa do Estado do Paraná, a PEC 64/09 – proposta que torna subsídio a remuneração dos policiais e bombeiros militares daquela unidade da Federação – deverá ser promulgada pela Casa Legislativa nesta semana.
          Após a promulgação, o Governo do Estado terá prazo de 180 dias para a execução da medida. Os valores poderão ser, no mínimo, equivalentes ao da PEC 300 (proposta que já foi aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados).
          No entanto, apesar de ser uma expressiva vitória dos trabalhadores da Segurança Pública do Paraná, ainda não é possível estabelecer precisamente quais serão os valores a ser pagos aos trabalhadores.
Tudo porque essa proposta de emenda à Constituição do Paraná terá como referência a maior remuneração do coronel em junho de 1998 (época em que foi editada a Emenda Constitucional nº 19/98), além das outras vantagens inerentes ao cargo.
          A partir dessa remuneração do coronel, haverá um escalonamento de reajuste salarial decrescente até chegar ao soldado.
          “A categoria passa a ser carreira do estado, sendo realizado o aumento salarial sempre pela maior remuneração, refletindo para as demais classes da Polícia Militar. O escalonamento é uma consequência da estruturação vertical ou militar”, explica o site da Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares Ativos, Inativos e Pensionistas (AMAI).
          Ainda segundo a associação, a PEC 64 não vai alterar a forma de aposentadoria do policial militar paranaense e inclui os policiais e bombeiros militares da ativa, da reserva e também os pensionistas.

Fonte: Blog do Capitão Assumção, Deputado Federal 

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

FINALMENTE UMA LUZ PARA O BAIRRO JARDIM CENTRAL.

          No dia de ontem José Carlos e José Pires, moradores do Bairro Jardim Central, em Barra Mansa - RJ, perceberam que a construção de um muro de contenção, na entrada do bairro pela Vila Nova estava com o seu alinhamento totalmente fora do mínimo aceitável. Pelo alinhamento proposto pelo engenheiro responsável pela obra, a comunidade ficaria muito prejudicada, haja vista que a rua ficaria com menos de 4 metros de largura, portanto , fora dos 6 metros regulamentares. Inacreditável que um engenheiro fosse capaz disso, mas é a realidade.
          Diante de tal fato, fui procurado pelo José Carlos e juntos fomos até o local. Constatado o absurdo, fomos imediatamente à presença do Sr Célio, Diretor da SUSESP que nos atendeu. Expomos o fato a ele durante um bom período da tarde, inclusive propondo uma parceria para financiar parte da obra.
          Depois de uma boa conversa, o Diretor da SUSESP, assumiu conosco o compromisso de falar com o Prefeito sobre o caso e nos dar o retorno no dia de hoje. Às 15h:00m liguei para o Sr Célio e finalmente veio a boa notícia: O Prefeito havia dito para o Sr Célio atender a nossa reivindicação.
          A comunidade está tão desconfiada com as promessas que prefiro ver o início da obra para agradecer ao Prefeito e ao Sr Célio, Diretor da SUSESP.
          Deus nos ajude nessa obra e em outras que precisamos.
            

BABA BABY, O SALÁRIO NA PARAÍBA VAI SER ASSIM:

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O DEBATE NA REDE TV

          Olá amigos, ontem tive a oportunidade de assistir ao debate na Rede TV e pude assistir uma Dilma nervosa, agressiva e muitas vezes com a voz querendo falhar. Do outro lado vi o Serra equilibrado e respondendo com tranquilidade às perguntas de sua adversária.
          Aconteça o que acontecer na abertura das urnas, ontem pude ver que o candidato mais preparado para  governar o meu país é José Serra porque a cadeira do presidente é quente e ontem Dilma mostrou que não vai suportar às pressões. Além disso, os escândalos não param, nem em plena campanha. Na verdade esses escândalos de menbros do PT "já deram no saco" e é passada a hora de mudar. Chega de mensalões e falcatruas diversas. Esse não é o país que sonhei para educar meu filho, o país onde as pessoas que são honestas estão chegando ao ponto de terem vergonha de sê-las.
          Não sei se os amigos já perceberam que tudo de ruim que esse governo faz ele quer justificar dizendo que FHC também fez ou fez pior. Se todos nós fôssemos justificar os nossos erros com erros dos outros esse mundo estaria perdido, haja vista que nesse país não posso afirmar que todos somos inocentes.
          É inaceitável que esse governo queira se comparar com governos passados. O momento é outro e graças ao Plano Real o Brasil conseguiu evoluir.
          O importante é que não podemos perpetuar ninguém no poder, é hora de mudar. Já que lamentavelmente o povo não quis Marina temos que eleger no que está mais preparado. A decisão está em suas mãos.
         

sábado, 16 de outubro de 2010

POR FAVOR, LEIAM A ENTREVISTA E TIREM SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES.

JUSBRASIL NOTÍCIAS
Clipping - Revista Veja - A corte dos padrinhos
Extraído de: Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo - 05 de Outubro de 2010

          A nova corregedora do Conselho Nacional de Justiça diz que é comum a troca de favores entre magistrados e políticos.
A ministra Eliana Calmon é conhecida no mundo jurídico por chamar as coisas pelo que são. Há onze anos no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana já se envolveu em brigas ferozes com colegas - a mais recente delas com então presidente César Asfor Rocha. Recém-empossada no cargo de corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ministra passa a deter, pelos próximos dois anos, a missão de fiscalizar o desempenho de juizes de todo país. A tarefa será árdua. Criado oficialmente em 2004, o CNJ nasceu sob críticas dos juizes, que rejeitavam idéia de ser submetidos a um órgão de controle externo. Nos últimos dois anos, o conselho abriu mais de 100 processos para investigar a magistratura e afastou 34.
          Em entrevista a VEJA, Eliana Calmon mostra o porquê de sua fama. Ela diz que o Judiciário está contaminado pela politicagem miúda o que faz com que juízes produzam decisões sob medida para atender aos interesses dos políticos, que, por sua são os patrocinadores das indicações dos ministros.
Por que nos últimos anos pipocaram tantas denúncias de corrupção no Judiciário?
          Durante anos, ninguém tomou conta dos juizes, pouco se fiscalizou, corrupção começa embaixo. Não é incomum um desembargador corrupto usar o juiz de primeira instância como escudo para suas ações. Ele telefona para o juiz e lhe pede uma liminar, um habeas corpus ou uma sentença. Os juizes que se sujeitam a isso são candidatos naturais a futuras promoções. Os que se negam a fazer esse tipo de coisa, os corretos, ficam onde estão.
          A senhora quer dizer que a ascensão funcional na magistratura depende desss troca de favores?
O ideal é que as promoções acontecessem por mérito. Hoje é a política que define o preenchimento de vagas nos tribunais superiores, por exemplo. Os piores magistrados terminam sendo os mais louvados. O ignorante, o despreparado, não cria problema com ninguém porque sabe que num embate ele levará a pior. Esse chegará ao topo do Judiciário.
          Esse problema atinge também os tribunais superiores, onde as nomeações são feitas pelo presidente da República?
          Estamos falando de outra questão muito séria. É como o braço político se infiltra no Poder Judiciário. Recentemente, para atender a um pedido político, o STJ chegou à conclusão de que denúncia anônima não pode ser considerada pelo tribunal.
          A tese que a senhora critica foi usada pelo ministro César Asfor Rocha para trancar a Operação Castelo de Areia, que investigou pagamentos da empreiteira Camargo Corrêa a vários políticos.
          É uma tese equivocada, que serve muito bem a interesses políticos. O STJ chegou à conclusão de que denúncia anônima não pode ser considerada pelo tribunal. De fato, uma simples carta apócrifa não deve ser considerada. Mas, se a Polícia Federal recebe a denúncia, investiga e vê que é verdadeira, e a investigação chega ao tribunal com todas as provas, você vai desconsiderar? Tem cabimento isso? Não tem. A denúncia anônima só vale quando o denunciado é um traficante? Há uma mistura e uma intimidade indecente com o poder.
          Existe essa relação de subserviência da Justiça ao mundo da política?
           Para ascender na carreira, o juiz precisa dos políticos.
          Nos tribunais superiores, o critério é única e exclusivamente político.
          Mas a senhora, como todos os demais ministros, chegou ao STJ por meio desse mecanismo.
Certa vez me perguntaram se eu tinha padrinhos políticos. Eu disse: "Claro, se não tivesse, não estaria aqui". Eu sou fruto de um sistema. Para entrar num tribunal como o STJ, seu nome tem de primeiro passar pelo crivo dos ministros, depois do presidente da República e ainda do Senado. O ministro escolhido sai devendo a todo mundo.
          No caso da senhora, alguém já tentou cobrar a fatura depois?
          Nunca. Eles têm medo desse meu jeito. Eu não sou a única rebelde nesse sistema, mas sou uma rebelde que fala. Colegas que, quando chegam para montar o gabinete, não têm o direito de escolher um assessor sequer, porque já está tudo preenchido por indicacão política.
          Há um assunto tabu na Justiça que é a atuação de advogados que também são filhos ou parentes de ministros. Como a senhora observa essa prática?
          Infelizmente, é uma realidade, que inclusive já denunciei no STJ. Mas a gente sabe que continua e não tem regra para coibir. É um problema muito sério. Eles vendem a imagem dos ministros. Dizem que têm trânsito na corte e exibem isso a seus clientes.
           E como resolver esse problema?
          Não há lei que resolva isso. É falta de caráter. Esses filhos de ministros tinham de ter estofo moral para saber disso. Normalmente, eles nem sequer fazem uma sustentação oral no tribunal. De modo geral, eles não botam procuração nos autos, não escrevem. Na hora do julgamento, aparecem para entregar memoriais que eles nem sequer escreveram. Quase sempre é só lobby.
          Como corregedora, o que a senhora pretende fazer?
          Nós, magistrados, temos tendência a ficar prepotentes e vaidosos. Isso faz com que o juiz se ache um super-homem decidindo a vida alheia. Nossa roupa tem renda, botão, cinturão, fivela, uma mangona, uma camisa por dentro com gola de ponta virada. Não pode. Essas togas, essas vestes talares, essa prática de entrar em fila indiana, tudo isso faz com que a gente fique cada vez mais inflado. Precisamos ter cuidado para ter práticas de humildade dentro do Judiciário. É preciso acabar com essa doença que é a "juizite".
Autor: Assessoria de Imprensa

Comento em uma frase.
ASSIM É O MEU BRASIL, BRASILEIRO.

A PEC 300 CONTINUA VIVA, MUITO VIVA.

          Apesar de muitos companheiros não terem a menor fé de que a PEC 300 seguirá seu rumo natural até que a Lei Complementar seja aprovada, fato que não os deixam sair da inércia, as últimas notícias são animadoras. 
          Ontem, em entrevista à TV Senado, o Senador Paulo Paim, do Rio Grande do Sul e defensor das classes trabalhadoras, deu sinais de que a aprovação da PEC 300 é uma questão de tempo, pouco tempo, Já que ele afirmou que ela será aprovada no Senado Federal. Desde já agradeço a entrevista motivadora do Senador. 
          Pertenço a uma corporação com 154 anos de existência e não encontrei nenhum registro de uma união tão forte em busca de melhores condições salariais e de trabalho, exterminando de vez os resquícios da ditadura que perpetua na cabeça de pessoas que não conseguem evoluir.
          A pequena parcela de companheiros que conseguiram abrir suas mentes e que acreditam que ficar calado não melhora nada, muitas vezes se perguntam se vale à pena lutar tanto em prol de outros que não estão nem aí para o futuro, ou seja, lutar por aqueles que querem que o mundo se acabe em barranco para morrerem escorados.
          Outro dia, ouvi um companheiro falar que foi comprado por gratificações, só me restou sentir pena, nada mais.
          Apesar dos dissabores, prefiro ficar com o Senador Paulo Paim, pois como ele acredito que o homem tem direito a oferecer do bom e do melhor para a família, sem necessitar dedicar a sua vida apenas ao trabalho.
          Forte abraço.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

REUNIÃO COM INDIO DA COSTA, CANDIDATO A VICE-PRESIDENTE.

          Hoje, no Tijuca Tênis Clube, Policiais Militares e Bombeiros Militares deram continuidade à luta pela aprovação da PEC 300 (emenda aglutinativa 2/2010), conversando com o deputado federal Índio da Costa (DEM), candidato a vice-presidente.





          Índio da Costa votou a favor da PEC 300 na Câmara dos Deputados, portanto, ninguém mais apropriado no momento para intermediar junto a José Serra (PSDB), candidato a presidência, a pretensão dos mais de 700 mil militares estaduais do Brasil.Nós sabemos que o PT e a base governista são contra a PEC 300, o que nos leva a buscar o apoio de José Serra-Índio da Costa para a conquista da dignidade salarial. Somos mais de 2 milhões de votos indiretos, uma força que não pode ser ignorada.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fotos e texto retirados do Blog do cel Paúl.

Pastor Silas Malafaia: A Verdade Sobre o 2º Turno das Eleições 2010

VEJA E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES.

Arcebispo da PB afirma que PT tenta implantar cultura da morte no Brasil...

E AGORA JOSÉ?

terça-feira, 12 de outubro de 2010

ALGUNS COMENTÁRIOS POSTADOS.

Cândida.Natal /RN disse...


Parabéns pela iniciativa,só poderia vir de uma pessoa como você que assim como eu não pretende calar-se diante de tanta descaso,seja ele em qualquer parte do País ou do Mundo.Porque o ser humano deve exercer sua cidadania aonde estiver.
Conte sempre comigo.Um abraço! sua prima!

Naldo França disse...
Valeu prima, é por causa de pessoas como você que luto, pessoas que incentivam, e não aquelas que ficam sempre esperando cair do céu. São sempre os coitadinhos que ninguém faz nada para ajudar. Forte abraço, adoro você.

Anônimo disse...
BOA SORTE ,COMPANHEIRO, NESSA EMPREITADA DURÍSSIMA QUE VOCE TEM PELA FRENTE,POIS LUTAR CONTRA O PODER PÚBLICO E ALGO MUITO DIFÍCIL.SEMPRE QUE PUDER AJUDAR, ESTAREI DISPOSTO,PORÉM SABES QUE AINDA ME FALTA CORAGEM E CERTEZA, QUE QUALQUER ESFORÇO TRARÁ PARA MIM ALGUM TIPO DE VITÓRIA ,SATISFAÇÃO OU MESMO SENTIMENTO DE DEVER CUMPRIDO. ACHO QUE AINDA ME DECEPICIONO COM AS PESSOAS,SOU DO TIPO QUE AINDA ESPERA RECONHECIMENTO,PORÉM SEI QUE PARA DEUS "QUE A MÃO DIREITA NÃO SAIBA O QUE A MÃO ESQUERDA FAZ",OU SEJA O QUE FAZEMOS PELO PRÓXIMO E PELA COMUNIDADE DEVE SER DE CORAÇÃO SEM INTERESE,ESTOU AMADURECENDO A IDÉIA E QUEM SABE ADIANTE SABEREI QUAL É O MEU DEVER,ASSIM COMO O NOBRE COMPANHEIRO JÁ RECEBEU DE DEUS SUA MISSÃO.BOA SORTE E FELICIDADE.CABO RIBEIRO


Cândida Natal/Rn disse...

despidos de orgulho e com certeza você colherá bons resultados.Um abraço siga em frente e Deus te guarde.


Naldo França disse...

Cândida, é por causa de pessoas como você que ainda vale à pena acreditar.Beijo.

PARABÉNS AO CABO MACIEL.

          O cabo PM Alcimar Maciel Pereira, 38, é um fenômeno eleitoral amazonense.  
          Quero aqui prestar minhas homenagens e parabenizar o cabo Maciel e todos aqueles que nele votaram. isso é um exemplo para o Brasil. 
          Através dessa eleição os amazonenses demonstram que querem a participação das forças de segurança no processo legislativo, o que não acontece no Rio de janeiro onde policiais e bombeiros preferiram deixar que decidam por nós.
          Essa eleição do cabo Maciel, vem demonstrar que a consciência política dos trabalhadores da Segurança Pública do Amazonas está exageradamente à frente dos mesmos trabalhadores do Rio de Janeiro, onde a vaidade de quem recebe 5.000 votos não lhe permite fazer uma parceria com quem recebeu 6.000 para que juntos possam representar a classe. uma vergonha essa vaidade que só divide. Mas ainda haverá o dia em que os humildes tomarão a dianteira e conseguiremos eleger pelo menos deputado estadual que lute pelos anseios da maioria.


          
   

domingo, 10 de outubro de 2010

DIRETO DO BLOG DO CAP ASSUMÇÃO 2

domingo, 10 de outubro de 2010
Metade da PM de São Paulo já pode se aposentar pelo regime especial
Fonte: Diário de SP
Cerca de 50 mil policiais seriam beneficiados pela mudança
Tahiane Stochero

Uma decisão inédita do Tribunal de Justiça (TJ) paulista está fazendo dezenas de policiais militares procurarem seus comandantes anunciando que irão passar para a reserva.
          Isso porque um mandado de injunção (texto que disciplina um assunto quando não há lei sobre o tema) concedeu ao sargento Eliseu Pessoa da Silva, do batalhão de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, o direito à aposentadoria especial, com salário integral, após 25 anos de serviço.
          A medida, segundo apurou o DIÁRIO, afeta cerca de 50 mil policiais paulistas - metade do efetivo total da corporação do estado.
          Atualmente, pela lei militar de 1970, os PMs do estado só podem se aposentar após 30 anos de farda. Após esta decisão, o cabo Daniel Coutinho, que serve em Campinas, também obteve o direito, segundo a advogada que os defendeu, Josiê Souza. "Eu percebi que a aposentadoria especial por riscos era um direito dos PMs. O Supremo Tribunal Federal (STF) já havia se manifestado favorável em outros casos, como de policiais civis e de uma enfermeira", diz Josiê.
          A briga judicial existe devido à falta de uma lei específica que discipline a aposentadoria especial dos servidores públicos. A Constituição de 1988 prevê o direito aos trabalhadores que atuam em situações de risco à saúde e exposição a produtos químicos, mas determinou que uma lei complementar fixasse as regras do benefício. Tal lei, porém, ainda não foi elaborada pelo governo federal.
          "O policial militar ou civil, em razão da periculosidade do trabalho, já recebe adicional por portar arma e estar exposto ao risco de morte. Mas, diante da inércia da regulamentação sobre o direito exposto na Constituição, o STF decidiu que a aposentadoria especial fosse aplicada também aos PMs", diz Marta Gueller, advogada especializada em previdência.
          "No estado, a decisão diz que a aposentadoria deve ser requerida administrativamente e, se negada, a autoridade está passível de prisão por descumprir ordem judicial", acrescenta a advogada. A decisão vale para todos que já completaram 25 anos de serviço e quiserem se aposentar. O DIÁRIO apurou que, na PM, isso equivale a cerca de 50 mil policiais - metade do efetivo total da corporação.
          Segundo o coronel Ernesto de Jesus Herrera, diretor financeiro da PM, o departamento de pessoal está negando todos os pedidos de aposentadoria especial. "A lei estadual 260 determina 30 anos para a inatividade do PM. Por ser militar, as regras são diferentes dos civis. Os policiais agora estão protocolando requerimentos nos batalhões, exigindo este direito", afirma Herrera.
          Na intranet da corporação, o comandante-geral, coronel Alvaro Camilo, pediu que os PMs não entrassem com o pedido de inatividade e esperassem o "posicionamento oficial do Executivo". O Palácio dos Bandeirantes, que arcará com as despesas de um processo de demissão em massa na PM, disse que "a Procuradoria-Geral do Estado analisa o caso e irá se manifestar judicialmente.
Atividades que já ganharam o direito:
Auxiliar de enfermagem.
Policial civil
Oficial de Justiça.
Delegado de polícia
Operador de raio-x
Servidores do Ministério da Agricultura
Técnicos da comissão de energia nuclear
Guarda civil

O que é aposentadoria especial?
          Direito que o trabalhador tem de ir para inatividade remunerada após 15, 20 ou 25 anos de atuação sob condições insalubres ou de periculosidade. O benefício é analisado caso a caso e validado por um exame que comprova o emprego sob condições perigosas.

Veja mais detalhes clicando aqui:

STF DECIDE QUE APOSENTADORIA ESPECIAL ESTÁ EM PLENO VIGOR
GOVERNO CONCEDERÁ APOSENTADORIA ESPECIAL A SERVIDORES
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 555/2010

sábado, 9 de outubro de 2010

CIRO, CABRA MACHO CONTA VERDADES SOBRE O PT

Esse é Ciro Gomes, atual coordenador de campanha da Dilma. Observem bem as palavras dele. O pior é que a cara dele nem queima.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

DIRETO DO BLOG DO CAP ASSUMÇÃO

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Policiais são transferidos em represália ao apoio a Capitão Assumção

          Chegou ao meu conhecimento que algumas transferências estão acontecendo em alguns batalhões da Grande Vitória e que um comandante do norte do estado está usando de terror para admoestar os nossos queridos policiais, se utilizando até de argumentos sorrateiros dizendo que pelo fato de o seu deputado estadual ter ganho a eleição, ele não sairá do Batalhão em que acha que reina absoluto, mesmo cometendo assédio moral e sexual (coisa de bandido). Esses pobres de espírito são tão sem moral que esperaram a eleição passar para botar as asas de fora. Gente sem caráter. Eu sei como tratar dessa corja.
          Quem está fazendo isso é gente de pensamento tacanho. Não é um mandato que vai me impedir de denunciar atrocidades que são cometidas com os nossos policiais. Pelo contrário, tenho mais satisfação de ver esses covardões mostrando a cara porque é desse jeito que estou acostumado a lutar. Essa gente frouxa tem que dar a cara mesmo por que estamos apenas no início de uma luta. E nem se concluiu o primeiro "round".
          O tempo em que tiver de vida dedico a defender a categoria. Todos conhecem os meus pensamentos. Passei 18 meses declarando a defesa incondicional dos bombeiros e policiais na Câmara dos Deputados mas passei 25 anos como policial metendo o dedo na cara desses saprófitas.
          Nunca fui covarde. Não sou calça frouxa. O que tenho para falar, falo com mandato ou sem mandato. Aos companheiros da grande Vitória que estão sendo transferidos peço paciência. Aos policiais do Segundo Batalhão peço que aguardem pois dentro em breve estarei levando pessoalmente ao novo governador e à imprensa as provas de que o suposto comandante do BPM é um "moleque", desqualificado.
          Essa cambada de meia dúzia não está "chutando cachorro morto". Estamos cada vez mais fortes na medida em que esses seres rastejadores mostram a cara. O primeiro "round" não acabou. Vamos ver quem vai beijar a lona: essa meia dúzia de covardões ou nossos renomados policiais.
A união é a nossa força.

Capitão Assumção

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

AGRADECIMENTO PELOS 13200 VOTOS!

          Agradeço a todos vocês que depositaram confiança e esperança traduzidas nesses 13200 votos que recebi na eleição a deputado federal.
          Muitas foram as adversidades, falta de recursos, parco apoio partidário, descrença política de pessoas de bem, mas conseguimos durante toda a campanha demonstrar que há como fazer política com dignidade, respeitando valores e princípios éticos e morais.
          Como fiz questão de salientar durante toda a campanha, ser eleito não era o principal objetivo, mas sim tentar despertar em todos que tive oportunidade de encontrar a necessidade de participar da "boa política" que todos nós como Cidadãos temos o DEVER de resgatar. A eleição, número de votos, suplência... todos são supérfluos.
          Aliás, ser deputado seria apenas uma ferramenta a mais nessa luta por respeito e dignidade que todos nós, independente de classe, profissão, origem ou condição social devemos assumir!
Portanto, EU E TODOS QUE ACREDITAM SER POSSÍVEL VIVER EM UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA, NÃO PODEMOS E NÃO DEVEMOS NOS CALAR, INDEPENDENTE DE ESTAR OU NÃO ELEITO!
          Essa eleição passou, outras virão e devemos manter o foco na busca de nossa CIDADANIA!
          Aos meus familiares, deixo o afetuoso agradecimento de um filho, irmão, companheiro, sobrinho, afilhado que esteve um pouco ausente, mas que sempre teve e sempre terá em vocês o seu bem mais valioso. Muito obrigado por estarem sempre ao meu lado e por me servirem de porto-seguro para todo e qualquer intento.
           Aos meus amigos, saibam que todos "em qualquer tempo, em qualquer hora", foram mais que importantes, vocês foram determinantes no sucesso dessa campanha e SÃO FUNDAMENTAIS em minha vida. Muito obrigado a todos vocês!
          Aos meus amigos Bombeiros e Policiais que se dedicaram incansavelmente à campanha ou simplesmente depositaram a confiança nas urnas, saibam que nem se eterno fosse teria condições de retribuir tamanha dedicação, confiança e apoio que recebi de todos vocês. Aliás, saibam que esse é apenas o início de nossa luta e que temos muitas outras batalhas a travar, na busca de nossa dignidade, respeito e cidadania. Se ontem tínhamos dúvidas de nossa força, hoje sabemos que somos muitos, somos fortes e iremos até o fim, seja lá onde o fim estiver, mas nunca abrindo mão do que é correto, moral e justo! Presto minha mais sincera continência a cada um de vocês, sabedor da enorme responsabilidade que carrego!
          Por fim, agradeço a Deus que abençoou todos os momentos dessa caminhada, permitindo que tivéssemos uma trajetória tranquila, que pudesse reencontrar e conhecer pessoas maravilhosas, que pudesse estar ainda mais próximo das pessoas que amo e que nos faz perceber que "vale à pena viver, e não apenas passar pela vida"!
JUNTOS SOMOS FORTES,
Lauro Botto - Cap BM.
          Comento:
          Aproveito a oportunidade para agradecer aos companheiros da Área sul que Votaram naquele que demonstrou que um líder já nasce feito.
           Com a expressiva votação em Lauro Botto 4330, mostramos que somos fortes, mas ficou a lição de que podemos mais, muitos mais. 
          Obrigado companheiros, não desistam nunca, porque a desistência é característica dos fracos.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

PARABÉNS CAP LAURO BOTTO.

          Hoje é um dia de alegria e não de lamentações. o nosso candidato a Deputado Federal Lauro Botto, atingiu os significantes 13.200 votos, nada mais nada menos que 182 votos a mais do que o último eleito, o ex-BBB e homosexual assumido, Jean Wyllys, do PSOL que atingiu 13.018 votos. 
           Lauro Botto ficou em 4º lugar no PV, sendo que o 1º e o 2º colocados foram eleitos.
           Essa eleição nos mostrou que podemos muito mais e agora temos 4 anos para preparar melhor a candidatura de Lauro Botto.
           Para uma prmeira candidatura temos que considerar que o resultado foi ótimo e nos deixa a esperança de que para elegermos um representante para a Câmara federal, é apenas uma questão de tempo. 
          Muito obrigado a todos que votaram 4330. 
          Para nós que continuamos na batalha ficou a PEC 300, mas também ficaram os impecilhos: Vacarezza e Fernando Ferro foram reeleitos´, Genuíno ficou fora, porém vai continuar mandando e desmandando no PT. 
          Para aqueles que dizem que acreditar na PEC 300 é acreditar em duende e outras lendas mais, peço apenas que não nos atrapalhem, que Deus lhes protejam e a seus familiares, porque o dia que a gratificação faltar será um dia de grandes tempestades e desespero para sobreviver.
          Forte abraço. 
        

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

CÉU OU INFERNO NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS

          Caros amigos, a hora de decidirmos o nosso futuro está próxima. Será que vamos eleger os melhores para o nosso País, nosso Estado e nossa classe de bombeiros - militares? Sinceramente eu sou um otimista e creio muito que estamos conseguindo conscientizar muitos companheiros da importância da política para o nosso futuro, dentro e fora da caserna. Hoje estamos tirando a maior onda com os inativos que não recebem gratificações, apesar de muitos terem ido para casa com o bolso cheio da grana por causa da velha pecúnia.
          Pois é, no próximo domingo não podemos vacilar, temos que eleger nossos representantes, porque caso contrário, continuaremos na Secretaria de Saúde e vendo subordinados com uma faixa salarial acima de seus superiores, o que não é ético, porque não podemos querer que aconteça com outros aquilo que não queremos para nós.
          Nós, homens de bem, temos que paltar a nossa vida pela justiça e não pelas sacanagens daqueles que se sentem acima dela e da lei. Não tenham dúvidas que eles serão cobrados e vocês verão suas ruinas porque ninguém nem nada é eterno nessa terra. Lembrem-se que até os rios que nos dão água pra beber estão sumindo. Você já imaginou se os paulistanos tivessem que beber água do Tietê? 
          Nesse diapasão, só espero que não apertemos as teclas erradas para que não tenhamos nada do que se arrepender no dia 4 de outubro. Votem com suas consciências e que Deus nos ajude porque no passado alguém pediu um rei e este rei está nos cobrando muito caro, conforme Deus tinha alertado.
       Forte abraço.
       Subten FRANÇA.
         


Pastor Caio Fabio desanca pastor Silas Malafaia.wmv

Como podemos ver no vídeo, a política é como uma prostituta, muitos não querem, mas depois que provam se apaixonam. Tanto que até pastores perdem a compustura na defesa de seus ideais. onde vamos parar?

MARINA SILVA DEVE CHEGAR AO 2º TURNO E VIRAR O JOGO.

         Caros amigos, na enquete do Portal IG os internautas trazem à luz que Marina Silva foi a melhor no debate de ontem realizado pela Rede Globo. Acredito que a candidata do PV vai ao segundo turno com grande chance de virar o jogo para cima de Dilma. Eu particularmente votarei na mudança, votarei em Marina, ganhando ou perdendo.

Enquete
Dilma Rousseff (PT) 23%
José Serra (PSDB) 20%
Marina Silva (PV) 45%
Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) 12%
Fonte da enquete: http://www.ig.com.br/