A FRASE DE UM GRANDE AMIGO:

VOCÊ CONFIA EM MIM? DIAS DEPOIS ME CONVENCI DE QUE SÓ DEVO CONFIAR NA JUSTIÇA.

"Não se escravize às opiniões da leviandade ou da ignorância."
Não importa o que os outros pensam ou dizem de nós.
O que verdadeiramente importa é aquilo que realmente somos.
Tenha sua consciência tranquila, mesmo que seja condenado.
Não se esqueça de que Jesus foi condenado, e Herodes foi o vencedor momentâneo.
Mas responda: qual dos dois foi verdadeiramente o vencedor?
Fonte: Minutos de Sabedoria, C. Torres Pastorino

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Trator da Prefeitura fica em blitz da PM por falta de documentos

A CONFIRMAÇÃO DE QUE AO LADO DE UM GRANDE HOMEM ESTÁ UMA GRANDE MULHER.

LIBERDADE DO CABO DACIOLO

NOÇÕES DE DEMOCRACIA.

IDÉIA GERAL:O Que É a Democracia?
Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo. Nas democracias, é o povo quem detém o poder soberano sobre o poder legislativo e o executivo.Embora existam pequenas diferenças nas várias democracias, certos princípios e práticas distinguem o governo democrático de outras formas de governo.
  • Democracia é o governo no qual o poder e a responsabilidade cívica são exercidos por todos os cidadãos, diretamente ou através dos seus representantes livremente eleitos.

  • Democracia é um conjunto de princípios e práticas que protegem a liberdade humana; é a institucionalização da liberdade.

  • A democracia baseia-se nos princípios do governo da maioria associados aos direitos individuais e das minorias. Todas as democracias, embora respeitem a vontade da maioria, protegem escrupulosamente os direitos fundamentais dos indivíduos e das minorias.

  • As democracias protegem de governos centrais muito poderosos e fazem a descentralização do governo a nível regional e local, entendendo que o governo local deve ser tão acessível e receptivo às pessoas quanto possível.

  • As democracias entendem que uma das suas principais funções é proteger direitos humanos fundamentais como a liberdade de expressão e de religião; o direito a proteção legal igual; e a oportunidade de organizar e participar plenamente na vida política, econômica e cultural da sociedade.

  • As democracias conduzem regularmente eleições livres e justas, abertas a todos os cidadãos. As eleições numa democracia não podem ser fachadas atrás das quais se escondem ditadores ou um partido único, mas verdadeiras competições pelo apoio do povo.

  • A democracia sujeita os governos ao Estado de Direito e assegura que todos os cidadãos recebam a mesma proteção legal e que os seus direitos sejam protegidos pelo sistema judiciário.

  • As democracias são diversificadas, refletindo a vida política, social e cultural de cada país. As democracias baseiam-se em princípios fundamentais e não em práticas uniformes.

  • Os cidadãos numa democracia não têm apenas direitos, têm o dever de participar no sistema político que, por seu lado, protege os seus direitos e as suas liberdades.

  • As sociedades democráticas estão empenhadas nos valores da tolerância, da cooperação e do compromisso. As democracias reconhecem que chegar a um consenso requer compromisso e que isto nem sempre é realizável. Nas palavras de Mahatma Gandhi, “a intolerância é em si uma forma de violência e um obstáculo ao desenvolvimento do verdadeiro espírito democrático”.
    Fonte: www.embaixadaamericana.org.br

  • quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

    JUSTIÇA MANDA SOLTAR CABO DACIOLO.

              O Blog do Ricardo Gama acaba de informar que a justiça mandou colocar imediatamente o Cabo Daciolo em liberdade. Segundo comentário naquele Blog a esposa do Cabo só acreditará quando vê-lo solto.

    VAI VENDO AÍ.

    terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

    Métodos de manutenção do poder

    As ditaduras sempre se utilizam de força bruta para manterem-se no poder, sendo esta aplicada de forma sistemática e constante.[carece de fontes] Outro expediente é a propaganda institucional,propaganda política constante e de saturação, de forma a cultuar a personalidade do líder, ou líderes, ou mesmo o país, para manter o apoio da opinião pública;[carece de fontes] uma das formas mais eficientes de se impor à população um determinado sistema é a propaganda subliminar, onde as defesas mentais não estão em guarda contra a informação que está a se introduzir no inconsciente coletivo[carece de fontes]. Esta se faz por saturação em todos os meios de comunicação[carece de fontes]. A censura também tem um papel muito importante, pois não deixa chegar as informações relevantes à opinião pública que está a ser manipulada.[carece de fontes] Desta forma, ficam atados os dois extremos: primeiro satura-se o ambiente com propaganda a favor do regime, depois são censuradas todas as notícias ruins que possam vir a alterar o estado mental favorável ao sistema imposto.[carece de fontes]

    Fonte: wikipedia.org

    A ditadura conceituada por Aristóteles, Platão e Maquiavel

    Segundo Aristóteles e Platão, a marca da tirania é a ilegalidade, ou seja, a violação das leis e regras pré-estipuladas pela quebra da legitimidade do poder; uma vez no comando, o tirano revoga a legislação em vigor, sobrepondo-a com regras estabelecidas de acordo com as conveniências para a perpetuação deste poder[carece de fontes]. Exemplo disso são as descrições de tiranias na Sicília eGrécia antiga, cujas características assemelham-se das ações tomadas pelas modernas ditaduras. [carece de fontes]

    Segundo Platão e Aristóteles, os tiranos são ditadores que ganham o controle social e político despótico pelo uso da força e da fraude. A intimidação, o terror e o desrespeito às liberdades civis estão entre os métodos usados para conquistar e manter o poder. A sucessão nesse estado de ilegalidade é sempre difícil[carece de fontes]
    Aristóteles atribuiu a vida relativamente curta das tiranias à fraqueza inerente dos sistemas que usam a força sem o apoio do direito.[carece de fontes]Maquiavel também chegou à mesma conclusão sobre as tiranias e seu colapso, quando das sucessões dos tiranos, pois este (a tirania) é o regime que tem menor duração, e de todos, é o que tem o pior final[carece de fontes], e, segundo as palavras deste, a queda das tiranias se deve às desventuras imprevisíveis da sorte.[carece de fontes]
    Fonte: Wikipedia.org

    domingo, 19 de fevereiro de 2012

    LIBERDADE PARA BOMBEIROS

    JUSTIÇA CONCEDE LIBERDADE PARA BOMBEIROS QUE ESTAVAM PRESOS. SEGUNDO RICARDO GAMA O ADVOGADO Dr RAUL LINS E SILVA FOI AUTOR DO PEDIDO.

    ISSO É CARNAVAL?

    quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

    FORÇAS POLÍTICAS SE MOBILIZAM EM VOLTA REDONDA.

    Diário do Vale: Audiência discute situação de militares

    NÃO HÁ MOTIVOS PARA PÂNICO.

    Quem não tem orgulho dessas Leoas que sacrificam as próprias vidas e a de seus filhos em defesa de seus Leões? Após as tribulações chagará o momento de calmaria!

    segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

    RUMO À BRASÍLIA.

    Presidente de comissão se reunirá com esposas de militares presos no RJ

    O presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Mendonça Prado (DEM-SE), receberá nesta terça-feira (14) as esposas de policiais e bombeiros militares presos no Rio de Janeiro. O encontro será realizado às 15 horas, no Plenário 8.
    Na ocasião, deve ser discutido, entre outros pontos, o tratamento dado aos profissionais envolvidos no movimento grevista que teve início no último dia 9. Até o momento, pelo menos 9 bombeiros e 17 policiais militares estão detidos no presídio de Bangu 1, alguns por conclamar e incitar a greve e outros por flagrante crime de desobediência. “As famílias estão revoltadas com o fato de os militares terem sido levados para estabelecimentos penais de segurança máxima, quando deveriam ser reservados espaços nas próprias unidades militares”, afirma Mendonça Prado.
    A senhora Cristiane Daciolo, mulher do cabo Benevenuto Daciolo, bombeiro militar preso preventivamente no dia 8 por suposta prática dos crimes de incitamento e aliciamento a motim, lidera o grupo de esposas. Elas solicitam a transferência dos militares para um presídio militar, reivindicação que é acolhida pelo parlamentar. “A prisão em Bangu 1 revela-se uma arbitrariedade abominável. Entendemos que a prisão desobedece às normas estabelecidas no ordenamento jurídico”, acrescenta Prado.
    Segundo Cristiane, o marido dela mantém-se em greve de fome há cinco dias. Ela refuta as acusações de que o movimento grevista está sendo manipulado politicamente. "Ele [Daciolo] não está envolvido com política, não está filiado a partido algum. Partidos políticos apoiam o movimento, mas o movimento não está com nenhum partido", diz.
    Os bombeiros e policiais militares do Rio pedem a implementação do piso salarial de R$ 3.500 para as categorias e a liberdade do cabo Daciolo.
    Fonte: Agência Câmara de Notícias.

    domingo, 12 de fevereiro de 2012

    sábado, 11 de fevereiro de 2012

    COMPETÊNCIA PARA FALAR, ELE TEM.

    Reprodução da Folha de São Paulo

    O juiz federal da 1ª Vara Previdenciária de São Paulo Marcus Orione Gonçalves Correia é um dos poucos profissionais da área jurídica que manifesta sua opinião a favor do direito de greve dos policiais militares.
    A Constituição -que proíbe a paralisação dos policiais militares- garante a greve como direito fundamental. Para o juiz, essa interpretação deve ser soberana e se aplicar também aos PMs. Como servidor público, o policial deve zelar pela qualidade do serviço.
    "Quando um policial faz greve, na verdade, ele está defendendo a Constituição porque está brigando pela eficiência do serviço público e pela melhora da segurança pública", afirmou.
    Sobre os eventuais abusos cometidos pelos policiais que, encapuzados, paramônibus para protestarem, ele diz que asações não podem ser consideradas crimes comuns ou militares, mas, sim, crimes políticos.
    "Se policiais em greve picharem um trecho da música do Wando num quartel, ou na Assembleia, é um crime militar ou uma manifestação política? Para mim, é crime político por causa do que está sendo discutido nesse momento."
    Por outro lado, o juiz diz que os grevistas não podem protestar armados. "Tem de deixar a arma no quartel e não pegá-la até o fim do protesto. Se não, viram milicianos como qualquer outro."
    Via pmerjnolocal.

    sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

    QUE DEUS PROTEJA OS PMs E BMs DA BAHIA.

    NÃO É POSSÍVEL QUE  OS ANISTIADOS QUE SOFRERAM COM A DITADURA NO PASSADO TENHAM A CORAGEM DE PROMOVER DE FORMA DITATORIAL UM MASSACRE NA BAHIA. O HOMEM AINDA É RACIONAL?

    quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

    Diário do Vale: Greve da Polícia pode alterar rotina dos moradores de Angra

    Diário do Vale: Greve da Polícia pode alterar rotina dos moradores de Angra

    SEGURANÇA DE CAMPOS REUNIDA.

    PM + BM de Campos se reunem para traçar estratégias para o dia 10



    Representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil se reuniram no início da noite desta quinta-feira (02/02) para discutir estratégias e unir forças para reivindicações de aumento salarial e melhores condições de trabalho. A reunião aconteceu na sede do Sindicato dos Bancários de Campos.

    Segundo o Cabo Alonsimar de Oliveira, do 8° Batalhão de Polícia Militar de Campos (BPM), nesta sexta-feira (03/02) acontece outra reunião no município de Macaé, com representantes da segurança pública das regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio.

    “Lá vamos discutir estratégias regionais para apresentar no sábado, num encontro que vai acontecer na capital a partir das 10h, com as lideranças na sede do Sindisprev”, disse.

    Sobre o projeto de Lei que o Governo do Estado em caminhou nesta quarta-feira (1º/02) para aprovaçãona Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o policial acha que a administração pública estaria atrasando ações que já poderiam ser tomadas de imediato.

    “O Governo esta trocando seis por meia dúzia, ele não estão nos dando aumento. Esse repasse já nos seria dado em 48 vezes. Ele antecipou para três parcelas, uma em fevereiro, e as outras duas para o ano que vem, nos meses de fevereiro e outubro. Nós reivindicamos piso salarial de três mil e quinhentos reais, vale transporte, vale alimentação, escala de trabalho 24h por 72h – que daria cerca de 40 horas semanais – e reformulação do RDPMERJ e RDCBERJ que vai de encontro a Constituição Brasileira.”, ressaltou.

    No último domingo os representantes da PM, Bombeiros, Policiais Civis, Guarda Municipais do Rio e Agentes Penitenciários se reuniram na orla de Copacabana para reivindicar. Segundo o Sargento Roberto Júnior, do 5° Grupamento do Bombeiro Militar de Campos o movimento reuniu cerca de 25 mil pessoas. “Foi um saldo muito positivo”, disse.

    Sobre a proposta do Governo do Estado o Sargento também não concorda.

    “O problema é agora e não daqui há dois anos. Isso seria um estratégia para ganhar tempo e não resolveria de imediato. O passo agora é a gente se agrupar e conscientizar. Esta nas mãos do Governador resolver e ele tem condições para tal. Tem que valorizar o setor público”, frisou.

    O movimento por dignidade começou a sete meses atras quando 439 Bombeiros foram presos. Em janeiro deste ano os Policiais Militares decidiram participar resultando na união junto com os Bombeiros e Policiais Civis. Por enquanto eles esperam a decisão do governador e baseado nela irão desencadear uma paralisação que acontecerá no dia 10 de fevereiro.


    Fonte: Ururau, via Blog Bombeiros de campos.

    JB - Policiais militares do Rio preparam greve para fevereiro

    MovJá! na Manifestação dos PMs, Bombeiros e GMs, 29-01-2012.

    PASSEATA PELA DIGNIDADE PMERJ CBMERJ PCERJ

    Bombeiros, policiais civis e militares realizam manifestação em Copacaba...