A FRASE DE UM GRANDE AMIGO:

VOCÊ CONFIA EM MIM? DIAS DEPOIS ME CONVENCI DE QUE SÓ DEVO CONFIAR NA JUSTIÇA.

"Não se escravize às opiniões da leviandade ou da ignorância."
Não importa o que os outros pensam ou dizem de nós.
O que verdadeiramente importa é aquilo que realmente somos.
Tenha sua consciência tranquila, mesmo que seja condenado.
Não se esqueça de que Jesus foi condenado, e Herodes foi o vencedor momentâneo.
Mas responda: qual dos dois foi verdadeiramente o vencedor?
Fonte: Minutos de Sabedoria, C. Torres Pastorino

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

UMA QUESTÃO DE PONTO DE VISTA.

Black Blocs e Anonymous são ameaça ao estado de direito

*Milton Corrêa da Costa é tenente coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro

Dar apoio público aos Black Blocs , ainda mais quando se trata de uma grande celebridade, significa,
a meu ver, um passo no sentido da contramão de direção. A própria essência do grupo Black Bloc
não contempla a palavra paz e sim a violência e a desordem como formas de manifestação. São
radicais que se insurgem contra qualquer tipo de organização social, como a própria doutrina do
anarquismo.
A Polícia Civil prendeu, inclusive, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (04/09), acusados de
incitamento à violência, via Internet, cinco integrantes do grupo Black Bloc. Também foi
apreendido algum material próprio para o vandalismo.É necessário, urgentemente, cortar o
mal pela raiz. Arruaça e desordem têm limites. E o limite é a lei.
Estamos diante de uma quadrilha - a própria chefe da Polícia Civil assim os denominou- que
afronta gravemente a ordem pública, invadindo sites de Internet, incitando a violência, destruindo
 o patrimônio público e privado e ameaçando a incolumidade de cidadãos ordeiros. Parabéns à Polícia
 Civil pela eficaz ação investigativa.
O estado democrático de direito não contempla o radicalismo de grupos de vândalos e nem o
 anonimato pelo uso de máscaras ou rostos cobertos por panos. Os que apoiam os Black Blocs
obviamente que ficam isentos, inclusive nas proximidades de suas residências, da ação do
grupo radical. Resta saber se os cidadãos que passaram difíceis momentos com a depredação
 em locais próximos às suas residências e lojistas, que amargaram consideráveis prejuízos,
apoiam os Black Blocs, principalmente na Zona Sul do Rio, onde os atos de vandalismo e a afronta
 ao direito de ir e vir da maioria, têm sido mais constantes..
Aos inimigos da democracia, o rigor da lei. Que a eficaz e providencial ação da Polícia Civil do
Rio de Janeiro, na última quarta-feira, em nome da ordem pública e da paz social, sirva de exemplo
 para as demais polícias no Brasil e que a determinação legal de identificar os mascarados, durante
 os protestos deste 7 de setembro seja fielmente cumprida.

Nossa opinião: Concordamos em parte com a dissertação acima. Só não podemos deixar de opinar
no sentido de que os grupos radicais são frutos do meio em que eles vivem. De tudo que vem
 acontecendo os menos culpados são os Black Blocs e os Anonymous porque eles são a
consequência e não a causa. 
Não podemos esquecer que vários fatos graves que ocorrem no país terminam sem apuração
e punição. São tantos os casos que seria impossível enumerá-los, mas tudo se resume em corrupção.
Os grupos radicais seriam facilmente eliminados, basta fazer o que a lei determina no que
se refere à prestação de serviço ao cidadão. Assim não haveria motivação para se insurgirem.
Provavelmente causa de tudo está no congresso que não vota leis que punam de forma severa
os corruptos. A sociedade só não está em peso na rua por medo de tiro, porrada e bomba.
Alguém duvida? Desta forma deixemos lutar os que tem coragem e não ficam deitados em berço
 esplêndido. 

Concluo dizendo que não podemos combater a consequência porque morrem inocentes, 
mas sim a causa, e a causa é a corrupção que de tanto acontecer vai se tornando num 
banditismo aceitável por quem quer mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário